Praia de Paraty

Cercadas pela exuberante Mata Atlântica e com águas intensamente coloridas pelo verde e azul, as praias estão entre os maiores encantos de Paraty. A baía oferece águas protegidas e mar calmo, sempre com muita natureza ao redor. São mais de 120 opções entre praias e ilhas capazes de arrebatar o coração dos amantes do mar! Difícil será conseguir conhecer todas elas. E não falamos apenas do fato de ser mais de uma centena de opções, mas também porque quase nenhuma dessas praias está localizada próxima ao Centro Histórico. 

As praias, na grande maioria, são acessíveis por barco, lancha ou exigem alguns quilômetros de estrada e caminhada. Mas não desanime! A cidade oferece vários passeios e eles são realmente maravilhosos. Além disso, com um pouquinho de disposição, você chegará a outras porções de areia fora do roteiro comum entre os turistas. Ah! E lembre-se de sempre manter os olhos abertos. É comum ver golfinhos e tartarugas nadando pelas águas de Paraty. Até mesmo orcas são avistadas por lá, mas essas só com muita sorte para ver.

A maneira mais comum para visitar as praias de Paraty é em passeio de escuna e saveiros. Eles têm preços acessíveis, são seguros e levam os turistas a quatro opções de praias e ilhas por passeio. O valor varia entre R$ 30 e R$ 60, a depender da temporada e da empresa escolhida. O roteiro tem duração média de 5h (uma hora em cada praia) e você almoçará nas próprias escunas (almoço pago à parte). Os passeios procuram sempre mesclar opções com boa areia para relaxar, locais próprios para a prática de snorkeling e belas paisagens.

Quase todas as atrações são acessíveis apenas por barco, por isso será difícil fazer o passeio de maneira independente (é possível alugar lanchas e barcos particulares, veja mais abaixo). As praias e ilhas mais comuns nos roteiros são: Praia da Lula, Praia Vermelha, Praia da Conceição, Ilha Comprida, Ilha da Cotia, Lagoa Azul, Saco da Velha, Ilha do Algodão, Saco do Mamanguá, Ilha Duas Irmãs, Ilha Rasa, Ilha da Sapeca, Praia da Akita, Praia do Engenho e Praia de Jurumirim. O roteiro varia entre as agências.

Além das opções de escunas, há também os passeios de lancha. Eles costumam oferecer roteiros mais exclusivos e para localidades mais afastadas, que exigem deslocamento mais rápido. O custo para os passeios de lancha é mais alto — entre R$ 150 e $250 por pessoa —, porém você visitará praias mais tranquilas, onde as escunas dificilmente vão. Praias comuns nos passeios de lancha são: Praia do Engenho, Saco da Velha, Paraty Mirim, Ilha dos Cocos, Praia Grande da Cajaíba, Ilha da Pescaria e Praia do Jurumirim. Caso você opte por alugar uma lancha só para o seu grupo, o roteiro poderá ser negociado de acordo com a sua vontade.

Uma alternativa mais barata para quem deseja exclusividade é o aluguel de barcos. Dezenas deles ficam ancorados no Porto de Paraty e é possível negociar o aluguel da embarcação por hora a custos bem mais acessíveis. Em baixa temporada, a hora pode sair por R$ 30, mas o normal é o valor entre R$ 50 e R$ 100. Com um bom grupo de amigos, o passeio pode sair bem em conta e, o melhor de tudo, bem exclusivo.

Uma das regiões de praia mais procurada em Paraty é a Vila de Trindade (direção sul, seguindo a Rio-Santos em direção a São Paulo). Localizada a 25 km do Centro Histórico, a vila atrai pelo belo mar e acesso fácil a várias praias, sem exigência de barcos. Em Trindade, você poderá curtir a famosa Piscina Natural do Cachadaço, além da Praia do Cachadaço, Praia do Meio, Praia de Fora (ou Praia dos Ranchos), Praia do Cepilho e Praia Brava. Todas são facilmente acessíveis a pé, com trilhas curtas. É um excelente lugar para visitar e curtir um dia de praia. O acesso à Trindade pode ser dado em ônibus de linha urbana, que sai da Rodoviária de Paraty, ou de carro.

 

Logo depois de Trindade, quem atrai atenção é a preservada e selvagem Praia do Sono. Ela é quase uma entidade entre os amantes de praias. O acesso complicado atrai ainda mais a atenção dos aventureiros. O trajeto pode ser feito a partir do Condomínio Laranjeiras (25 km do Centro Histórico) em barco ou trilha de 4 km, com tempo médio de 1h30 de caminhada leve. Para chegar ao condomínio, pegue o ônibus urbano linha 1040 na Rodoviária de Paraty.

A partir da trilha do Sono, você poderá também visitar as praias de Antigos e Antiguinhos e, um pouco mais afastada, a Praia de Ponta Negra. As quatro juntas formam um dos mais belos conjuntos de praia da região. Para economizar na caminhada, vale alugar um barco no Condomínio Laranjeiras em Trindade (Praia do Meio) e fazer o roteiro um pouco mais rápido pelo mar.

Paraty

Com acesso pela estrada Rio-Santos, a caminho de Angra dos Reis (direção oposta à de Trindade), as Praia de São Gonçalo e São Gonçalinho também estão entre as indicadas como mais belas da cidade. Elas são comuns entre as sugestões dos moradores para as praias imperdíveis de Paraty. A rodovia Rio-Santos, seguindo para a direção de Angra dos Reis, é toda à beira-mar, ou seja, ela permite acesso a várias praias. Parar em todas vai depender do seu tempo e disposição. São quase 20 praias até chegar em Angra dos Reis. As principais, em ordem de Paraty para Angra, são: Praia do Rosa, Praia Grande, Prainha, Praia do Engenho Velho, Praia da Graúna, Praia de São Roque, Praia de São Gonçalo, Praia de São Gonçalinho, Praia de Tarituba e Praia dos Coqueiros.

Para quem não pretende pegar estrada nem barco e quer mesmo curtir a tranquilidade de não fazer nada, as duas opções próximas ao Centro Histórico de Paraty são a Praia do Pontal e Praia do Jabaquara. As duas oferecem quiosques com bebidas sempre geladas e comidinhas de beira de praia. Há ainda aluguel de caiaque e pranchas de stand up paddle. São boas opções para quem não está preparado para se despedir do sol e voltar ao hotel depois de um passeio de barco; ideal para o final de tarde com aquela cervejinha e um pôr do sol. E o melhor de tudo, chegar até lá é de graça (ou no máximo 10 reais do mototáxi).